Como foi o exame HSK

Eu e a turma da Huawen fomos até São Paulo prestar o HSK este domingo. Partindo da Praça da Liberdade, caminhamos 300 metros até a Praça da Sé onde fica a Unesp, local do Instituto Confúcio e da prova.

Galera Huawen na Praça da Sé para a prova HSK

Na apertada portaria deveriam ter cerca de 60 pessoas para prestar a prova e mais alguns acompanhantes entre pais e professores. Se estou certo neste número, menos pessoas fizeram a prova este ano do que na sua 1ª aplicação no final do ano passado, o que é uma pena. Havia pessoas de todas as idades. de aparentemente 11 anos até cerca de 41. Foi muito interessante conhecer uma professora do Colégio Sidarta que acompanhava cerca de 12 alunos para fazerem a prova. Ela falou que anualmente um grupo de alunos vai fazer curso de mandarim lá em Beijing durante o mês de Julho, que eles ensinam mandarim desde a infância há 13 anos e sofrem com a falta de profissionais capacitados para dar aula. A professora chegou a falar que tal carência chega a um nível que no final do curso, há alunos com maior proficiência do que os professores. Confesso que fiquei tão feliz com a apresentação dela que se eu e minha mulher morarmos em São Paulo quando tivermos filho, com certeza gostaria de matriculá-los nesta escola.

Lá na portaria ainda assinamos a lista de presença (que não sei porque não estava em ordem alfabética) e subimos para a sala de prova. As carteiras eram marcadas e a sala, como era uma sala de universidade, era muito bem equipada. Temia que não tivesse recursos multimídia bons e que o áudio da prova não fosse alto ou nítido o bastante para compreender a parte oral do exame. Felizmente neste aspecto não tenho nada a reclamar. A prova deveria começar 10 horas, mas neste horário ainda estávamos sentando nas carteiras. Com aquela tranquilidade de quem gerencia prova para uma turma de escola fundamental, as professoras realocaram os alunos canhotos que estavam em carteiras de destros e organizaram uma distribuição de lápis e borrachas aos que não estavam devidamente equipados. A prova é feita apenas com lápis 2B, nada de caneta. A professora chinesa que coordenou tudo tinha tamanho sotaque que acredito que tudo seria mais facilmente compreendido se ela desse todas as instruções em mandarim mesmo.

A prova mesmo começou às 10:50. Toda a prova era de múltipla escolha. Os primeiros quinze minutos para questões com áudio. Sendo 5 questões de verdadeiro/falso, 5 que tinhamos que selecionar entre A, B e C e outros 2 exercícios de 5 questões cada sendo que as respostas eram auto-excludentes, ou seja, cada letra da resposta só aparecia uma vez. Depois vem a parte fechada que segue o mesmo esquema anterior. 20 questões orais, 20 escritas, 5 pontos cada totalizando 200 pontos e mínimo de 120 para passar. Porém me informaram que a pontuação vem no certificado, então fomos para a prova com o objetivo de não errar nada.

Não fechei a prova mas achei a prova muito fácil mesmo. Para quem já está perto ou no nível intermediário, é uma prova tranquila. Até agora só o nível 1 do HSK foi aplicado no Brasil. Torço para que no segundo semestre tenha o nível 2 também, que eu e a turma da Huawen com certeza iremos comparecer lá. Alguém aí mais prestou a prova? Pessoal de Presidente Prudente e do Instituto Confúcio, como foram? Vamos fazer força para que apliquem a segunda prova no Brasil!

9 comments on “Como foi o exame HSK

  1. Elaine Bido disse:

    Oi, também fiz o exame, inclusive subi junto com alguns dessa turma no elevador!

    Vejam meu blog depois!

    Grande abraço,

    Elaine Bido

  2. Suzana disse:

    Oi!! Tenho uma boa notícia pra vocês!! Deem uma olhadinha no site do instituto confúcio e verão que outros níveis do HSK serão aplicados no Brasil ainda esse ano. Lembro de minha professora ter comentado sobre isso, já que o pessoal de Assis ou Marília já prestaram ano passado e estão aguardando o próximo. O site é http://www.institutoconfucio.com.br e está bem no início essa informação.
    A aplicação aqui em Prudente foi bem parecida com o que foi descrito no post…
    alguém sabe como saberemos o resultado? =p

  3. Suzana disse:

    socorro!! onde sai o resultado do teste?? hsuashuhsauhsau

    • X-nês disse:

      Sái online, mas precisa do número de inscrição e acho que isso fica só com o pessoal do Instituto.

  4. Raquel disse:

    Quanto a prova HSK, você tem essa prova no formato pdf ?
    Preciso criar coragem para fazê-la.
    Parabéns pela iniciativa. O site ajuda muito mesmo. Boa sorte, sempre!

    • X-nês disse:

      Não tenho. Até procurei online mas não achei e não deixam a gente ficar com a prova no final…

  5. Henrique Pessoa disse:

    Olá, gostaria de saber se você tem ideia de quando será a prova nível avançado para o final deste ano e quanto custaria.

    • X-nês disse:

      Ouvi dizer que terá para o nível A2 (ainda básico) lá para outubro.
      O custo se for os mesmos será de 50 reais por inscrição.

      • Henrique Pessoa disse:

        pois é…eu estava interessado no nível avançado mesmo…se puder me informar sobre qualquer novidade do tipo, ficaria muito agradecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

     

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>