Festival do Barco Dragão

Corrida de Barcos Dragão em HK em 1998

Hoje é o 5º dia do 5º mês lunar e se comemora na China o Festival do Barco Dragão. Milhares de pessoas formam equipes, construindo imensos barcos de madeira com forma de dragão e competem numa corrida e festejam com bebida e muita pamonha de arroz.

Corrida de barcos dragão

A data tem vários nomes, além da Festa do Barco do Dragão, é também conhecida por Festa Duan Wu e Festa da Pamonha. Ela relaciona-se a um nome muito conhecido pelo povo chinês, Qu Yuan. Qu Yuan foi um grande patriota e poeta na história do país. Com seu profundo amor pela pátria e pelo povo e seus belos poemas, Qu Yuan exerceu e continua exercendo influência positiva na literatura e no espírito do povo. Qu Yuan inovou a criação literária com o estilo “Sao Ti” e é a principal expressão do período “Chu Ci” na história da literatura chinesa. Seus poemas são impregnados de nobres ideais e de profundo significado artístico. O patriotismo e a poesia de Qu Yuan têm influenciado os escritores e poetas chineses por gerações e gerações.

Na época de Qu Yuan, a imensa região asiática estava dividida em vários reinos. No Norte, o Reino Qin e o Reino Qi e, no Sul, o Reino Chu, o mais extenso. Sendo ele membro da aristocracia Chu, a vida de Qu Yuan estava intimamente ligada aos destinos de seu país. Na Festa da Pamonha do ano 277 antes de Cristo, ao informar-se de que a capital do seu reino fora ocupada pelas tropas do Reino Qin, o poeta Qu Yuan, não suportando a tristeza de ver sua nação ocupada, atirou-se no rio Mi Luo. Após a sua morte, o povo de Chu lotou a margem do rio. Os pescadores navegaram seus barcos para cima e para baixo do rio a procura de seu corpo.

Zong zi - pamonha de arroz

As pessoas jogaram na água pamonhas de arroz (粽子 zòngzi) e ovos para alimentar os peixes e camarões para assim não atacarem o corpo de Qu Yuan. Um antigo médico derramou uma garrafa de vinho realgar na água, na esperança de embriagar e os animais aquáticos. Desde então, esta data converteu-se numa festa em memória do grande poeta e grande patriota. É por isso que as pessoas mais tarde seguiram os costumes da corrida com barco-dragão, comer zòngzi e beber vinho realgar nesse dia.

Zòngzi no Brasil é conhecido como pamonha chinesa ou simplesmente pamonha de arroz e é encontrada com diversos sabores sempre enrolada em folha de bananeira. Em outras partes do mundo onde não há bananeira, outras folhas e até mesmo massa são usado em volta do arroz. É um prato muito fácil de encontrar no bairro da Liberdade e eu particularmente sempre gostei!

fonte:Chinese Radio International

One comment on “Festival do Barco Dragão

  1. Phillip Souza disse:

    Parabéns pelo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *