Comendo insetos

Entomofagia é a prática de comer insetos. Isso não é um distúrbio ou doença, mas uma prática bastante saudável, mais comum do que se pensa e que se vencesse mais barreiras culturais poderia diminuir consideravelmente a fome no mundo!

A ONU, por meio de sua Organização para Agricultura e Alimentação (FAO), vem tentando estimular a introdução de insetos na alimentação diária dos seres humanos, o que poderia ajudar suprir as necessidades diárias de proteínas. Além de que a quantidade de alimentos para alimentar um gado, se aplicada na criação de insetos geraria 4x mais carne para nosso consumo, a instituição argumenta ainda, que isso reduziria em aproximadamente 20% de toda a emissão global de CO2.

É muito comum as críticas ao consumo de insetos e principalmente a associação disso aos chineses. De fato muitas culturas locais chinesas mantém viva essa tradição. Chinês é definitivamente o povo menos fresco de todos, há um ditado que diz “Se estava vivo e não está mais, é comida”. Grande parte disso é porque a China tem um grande histórico de guerra, e num país de proporções continentais, a maior dificuldade de todas na guerra é a alimentação. Imaginem que os guerreiros chegavam a ficar uma década fora de casa defendendo seu estado e sua comunidade. Nesse meio tempo, boa parte da vida era uma constante dificuldade no estilo o programa “No Limite”, “Survivor” ou o treinamento do Bope em “Tropa de Elite”. Daí acabaram acostumando e incorporando o costume de comer insetos no dia a dia. Aliás, se ninguém estivesse te ensinar que é nojento comer insetos, será que você também teria meu caro leitor? Pode parecer fácil responder que sim, mas para quem aí que gosta de comida japonesa, se imaginava a 15 anos atrás consumindo carne crua, gostando e pagando caro por isso?

Proteínas nos insetos

O problema é que insetos são também muito associados a falta de higiene. Num mundo perfeito bem “sonho americano” provavelmente os únicos insetos existentes seriam borboletas, vagalumes e abelhas, mas na entomofagia há recomendações de como cultivar, alimentar e preparar bem as comidas. Obviamente evitando os animais peçonhentos. Se você se interessou, a natureza já dá uma grande ajuda e insetos de cores quentes e vibrantes ou com mal odor devem ser evitados, é um aviso de que o consumo pode dar dor de barriga ou causar doenças, prefira os verdes, pretos e marrons. Vale destacar que não há registro de inseto que cause a morte caso você o devore.

Nunca tive o prazer de experimentar tais iguarias, mas com certeza é algo que quero muito ter chance de fazer, nem que seja para cuspir no chão e xingar o sabor da comida (o que se for bem preparado, duvido que acontecerá). Você tem coragem ou experiência neste assunto?

10 comments on “Comendo insetos

  1. Suzana disse:

    eu já comi escorpião em Pequim!! Alguns amigos comeram gafanhoto… mas eu não encarei!

  2. X-nês disse:

    Aliás, esqueci, mas uma vez na Disney eu achei uns chips de gafanhotinhos bem pequeninos para comer. Comprei e tinha gosto de fandangos. Acho que o espetinho deve ser mais gostoso. Tinha mosca também, que não tinha gosto algum e um pirulito com um escorpião dentro… esse eu não experimentei ainda.

  3. Phillip Souza disse:

    É meu amigo X-nês… coragem eu tenho, mas sou da sua opinião: se estiverem bem preparados eu encaro. Experimentar tais iguarias faz parte do que eu tenho como realização de experiências na vida. Se comer insetos não mata bilhões de chineses, por que me mataria!? Além do mais, tenho “estômago de avestruz”, então acho que aguento “o tranco” (rsrsrsrs).

    Se encontrar algum local aqui na capital mineira, por favor, me fale; vou encarar!

    Abraço ;-)

  4. Gabriela Tófani disse:

    Ai amor,
    Essa eu passo. Aqueles snacks da Disney coloquei na cabeça que nem eram insetos mesmo, porque nem tinham gosto de nada. Mas acho q esses aí eu não arisco não!!!
    Mas pode deixar q qd vc for provar vou tirar mts fotinhas e vou ficar do seu lado dando apoio total!!!

  5. Eu dispenso esse cardápio. Prefiro pratos visualmente mais agradáveis, apesar de mais pobres em proteínas. Não troco 300 g de picanha por 100 g de moscas nem sob tortura. kkk

    • X-nês disse:

      Nem se eu te falar que tem o mesmo gosto de camarão?! rs

      • Suzana disse:

        hsuahsuhsahushau

        é… tinham me falado que escorpião tinha o mesmo gosto que camarão mesmo!! Na verdade, acho que o que muda é o tempero… =D

  6. Gustavo disse:

    Encaro qualquer parada! Espero ter a oportunidade!

  7. Sergio disse:

    Estive em Hong Kong e norte da China (QingDao, LonKou e YanTai) em setembro/13. Tinha umas barraquinhas vendendo insetos e outros petiscos. não comi, por se tratar de um local ermo. não tive coragem. Tenho muitas fotos..Se interessar…:)

    • Rodrigo Sze disse:

      Interesso sim, você tem algum link pra elas online?! Adoraria ver e se possível postar aqui. Conta pra gente como foi ver isso de perto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

     

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>