Mariana vai a China

Mariana Alves na China

Este ótimo post foi escrito pela nossa leitora Mariana que está na China neste momento. Achei excelente o relatório dela e espero que ela escreva mais para nós! Acho que não ouvi falar da cidade de Qingdao ainda mas definitivamente virou um lugar para pesquisar. Agora a palavra é da Mariana:

Esta vinda para a China sem dúvida é uma experiência única… já morei na Inglaterra, também a trabalho, antes da China passei pelo Vietnã, mas apenas dois dias, não deu para sentir muito da cultura…

A China é um mundo a parte, é diferente de tudo. Tudo é único nesse lugar. Comida, bebida, hábitos de trabalho… mas as pessoas são fantásticas. Muito amigáveis e gentis. Mas a barreira da língua é muito grande. Apenas os mais jovens falam inglês e na maioria das vezes apenas os que precisam do inglês para trabalhar (não é diferente do Brasil, claro!) mas o negócio é que como a escrita é diferente (!!) a coisa fica bem mais difícil.

Na chegada, no aeroporto de Qingdao, fui abordada por um taxista “pilantra” (mto comum por aqui). Eu tinha apenas o endereço do Hotel em inglês e o cara falou que sabia onde era… resultado… paguei 200 RMB por uma corrida que valia 80 no máximo e fui parar num hotel que não era o meu, na realidade um hotel que estava sendo “reconstruído”! O taxista lógico me largou e foi embora e eu entrei quase em pânico. Por sorte 2 almas que falavam inglês cruzaram meu caminho e me colocaram num taxi que me levou pro hotel correrreto.

Claro que deu tudo certo, pq sempre dá… mas se eu fosse escrever um livro “Visitando a China – manual de primeira viagem para quem não fala Chinês” a primeira lição seria… sempre tenha em mãos o endereço e o nome do local que vc quer ir em CHINÊS. Ah, e o telefone do lugar do local tb… o taxista pode não entender onde é e é sempre melhor ele falar com alguém antes! Só assim você garante que vai chegar no destino correto! E outra… nunca pegue um taxi de alguém que vem falar em inglês com vc… isso é mto comum em aeroportos… vá pra fila onde os outros habitantes locais esperam pelo taxi…

Qingdao: 2.5M de hab., 830km de Beijing, famosa pela bela praia, por seu verde, influência européia com chinês moderno

5 comments on “Mariana vai a China

  1. Gabriela Tófani disse:

    Legal demais! Essas dicas são super bacanas! ADOREI!

  2. Rita disse:

    Parece ser uma linda cidade. :D Essas são boas dicas, obrigada. Hehe
    Se correr bem, tambem irei viajar para a China, á província de Sichuan. :)

  3. Ouvi dizer que grande parte dos taxistas, além de não saberem inglês, sequer sabem ler os ideogramas. Mantenha-nos informados das suas peripécias na China. Boa sorte!

  4. Ana Carolina disse:

    hehehe
    já passei por isso..
    mas vc ainda chegou em algum hotel..já aconteceu comigo do taxista levar até parte do caminho e mandar descer dizendo que era por perto dali,mas que ele não sabia onde..
    exatamente como mencionou, se você não fala chinês leve sempre os ideogramas anotados e o telefone do lugar, para o taxista ligar caso não conheça o destino..
    boa sorte com as aventuras e divirta-se, no final é sempre engraçado..
    Abraço

  5. Regy disse:

    Mariana, eu tb conheço esse filme e isso tb já se passou comigo durante o meu intercâmbio na China. Eu passei 3 meses participando de um curso de chinês em Pequim e foi bastante diferente e legal dos outros intercâmbios que fiz. Recomendo uma viagem à China pq é muito diferente da Europa e dos Estados Unidos, além de um bom ganho de cultura. Eu estudei na escola Sprachcaffe Languages Plus e deixo p vcs logo abaixo a dica da escola onde estudei

    http://www.sprachcaffe.com/portuguese/study_abroad/language_schools/peking/main.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

     

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>